"A liberdade é um luxo a que nem todos se podem permitir." (Otto Bismark)

"O que me preocupa não é o grito dos maus. É o silêncio dos bons." (M. Luther King)

"Não é sinal de saúde estar bem adaptado a uma sociedade doente." (Jiddu Krishnamurti)

"Ninguém está obrigado a cooperar em sua própria perda ou em sua própria escravatura, a Desobediência Civil é um direito imprescindível de todo o cidadão!" (Mahatma Ghandi)

"Alguns homens vêem as coisas como são e dizem "Porquê?". Eu sonho com as coisas que nunca foram e digo "Porque não?" (George Bernard Shaw)

“Não há covardia mais torpe que a covardia da inteligência, a burrice voluntária, a recusa de juntar os pontos e enxergar o sentido geral dos factos.” [Olavo de Carvalho]

Nota:

Este blog não obedece nem obedecerá a qualquer acordo ortográfico que seja um atentado à identidade do País

terça-feira, 24 de março de 2009

Neste Nosso Portugal…

Onde a escolaridade é das mais baixas da Europa,
Onde o Estado cada vez menos investe na Educação propriamente dita,
Onde se manipulam estatísticas com programas tipo “novas Oportunidades” (será que alguém aprende em 3 meses o que se deveria aprender em anos?),
Onde se entregam “Magalhães” em vez de papel higiénico, leite, etc., nas escolas, para socorrer uma empresa que estava a beira da falência…
Onde temos duzentos e tal deputados (deveriam ser 1/5) mais a maquina que isso arrasta na Assembleia da Republica e estão se a literalmente a borrifar para o país,
Onde um trabalhador independente é obrigado a pagar segurança social (mais do que a maior parte que também descontam) e não tem direito a subsídios de desemprego,
Onde anda 60% da população a manter os outros 40%,
Onde os corruptos nada lhes acontece porque são senhores poderosos,
Onde a maioria da população esta metida na teia politica e não se revolta porque “não pode”,
Onde temos um governo que comanda todos os outros órgãos de soberania,
Onde temos padres que fazem votos de pobreza e recebem pensões de milhares de euros,
Onde se metem milhões de euros nos bolsos dos senhores da banca para combater a crise e os bancos cada vez mais “enterram” as micros e pequenas empresas,
Onde se fala de TGV, aeroportos, etc, na situação económica em que estamos,
Onde os policias andam com armas mas não podem utiliza-las,
Onde a criminalidade aumenta cada dia que passa,
Onde pessoas que não pagam impostos andam aos tiros por uma casa que não tem dono,
Onde se atribuem subsídios para quem não quer fazer a ponta de um corno,
Onde se paga IVA antes de saber sequer se os clientes irão pagar,
Onde se atribuem fundos a empresas e passado pouco tempo abrem insolvência mandando milhares para o desemprego,
Onde os miúdos das escolas batem nos professores, insultam e coitadinhos não lhes acontece nada nem na escola nem em casa,
Onde não se chumba na escola,
Onde se anda a promover a ignorância oficializada até ao 12º ano,
Onde os partidos políticos são as próprias “máfias”,
Onde um Presidente da Republica é uma peça de enfeite,
Onde o que realmente interessa ao povo saber não lhes é informado, apenas futebol, novelas e coisas afins,
Onde o próprio povo, diga-se, também se esta a borrifar (até um dia!);

É este o Nosso Portugal???

1 comentário:

  1. De todas as afirmações enumeradas, a que mais me assusta na medida da sua verdade e consequências é a ultima! Isto porque, efectivamente (e na minha opinião) a boa parte da população ate reconhece o estado deplorável e terceiro "mundista" em que se encontra a politica e sociedade portuguesa, no entanto resigna-se a conformar com tudo o que se passa (tipicamente português), pois esta ideia de que tudo isto é normal esta de tal modo enraizada na nossa sociedade, que todos comem com tudo e não querem saber, é mais importante o penalti roubado ao Sporting ou o cão de agua do Obama... Espera-se indeterminadamente por um D. Sebastião! Pior que a crise económica é esta profunda crise de consciência actual, sendo ela própria criada dentro das salas de aula, onde não se cultiva o espírito critico e criativo, mas sim alunos como repetidores de ideias preconcebidas!

    Quando se abrir a pestana e acordar, poderá já ser tarde...

    ResponderEliminar

Neste Nosso Portugal©2009
 
hit counters